Para facilitar a vida do motorista, “Zona Azul” adota cartão pré-pago

Cartões exclusivos podem ser adquiridos em cerca de 50 pontos de venda e recarregados nos parquímetros

A concessionaria responsável pelo sistema de estacionamento rotativo-mais conhecido como “Zona Azul”- anunciou na ultima quinta-feira(20) mais uma facilidade para os motoristas que precisam acessar os comércios, serviços e órgãos públicos da região de Sumaré: a disponibilização de cartões pré-pagos. O cartão, que pode ser recarregado com qualquer valor desejado nos parquímetros com moedas ou cartão de débito, já pode ser adquirido por $1,00 em cerca de 50 estabelecimentos cadastrados como pontas de vendas da “Zona Azul”.

Em breve, os cartões pré-pagos poderão ser recarregados também nos próprios pontos de venda, com dinheiro vivo ou cartões de débitos. Foram produzidos, inicialmente 5.000 cartões. A tarifa continua afixada em $1,00 por hora, e cada vaga pode ser ocupada pelo mesmo veiculo por até duas horas.

“A vantagem para o usuário é não precisar carregar moedas. A aceitação foi boa nos primeiros dias, principalmente por partes dos próprios comerciantes. Quem a gente procurou aceitou na hora se tornar ponto de venda. O comerciante entende que a Zona Azul, além de uma necessidade, é uma aliada do comércio. Com essa modernização do sistema, que passou a ser controlado exclusivamente pela placa do veiculo, muitos estão ansiosos pela retomada da fiscalização, porque haverá uma rotatividade muito maior de consumidores circulando pelo centro” comentou Roberto Rizzo, diretor da Rizzo Parking, concessionaria do serviço do estacionamento rotativo de Sumaré.

Segundo ele, os agentes da “Zona Azul” continuam atuando apenas com a orientação dos motoristas quanto ao funcionamento do novo sistema. O sistema funciona agora sem papel, bastando o motorista depositar a moeda- ou o novo cartão pré-pago- no parquímetro e digitar a placa do seu veiculo. Durante o período pago (1h ou 2h), aquele veiculo não poderá ser atuado pelos fiscais.

“O motorista ainda está num período de ‘aclimatação’ ao novo sistema. De comum acordo com a prefeitura, vamos esperar passar esse período para retomar a fiscalização da 1º etapa da Zona Azul (o quadrilátero originalmente demarcado com as vagas rotativas, no retorno da Avenida 7 de Setembro e da Praça da Republica) a partir de 1 de Maio. Já na área da expansão (a 2º etapa, que inclui algumas ruas em direção ao Paço Municipal), a fiscalização só será iniciada em 1º de Junho” explicou o diretor.

Essa nova área corresponde aos trechos das ruas José Maria Miranda e Dom Barreto situados entre esquinas com as ruas Ipiranga e Antonio Pereira de Camargo, além das suas travessas- os trechos das ruas Ipiranga, João Francisco Ramos e Maximo Biondo situados entre as ruas Antonio do Valle Melo e José Maria Miranda. Não foram incluídas na expansão, no entanto, os trechos adjacentes das ruas Antonio do Valle Melo e José Pereira de Camargo. Atualmente, técnicos da prefeitura estão lidando com a sinalização e os equipamentos instalados pela empresa na 2º etapa.

Sistema municipal vai ganhar aplicativo para celular em breve.

O objetivo da modernização do sistema é ampliar a oferta de vagas no centro, através do aumento da rotatividade. Os parquímetros só recebem moedas e novos cartões pré-pagos por enquanto, mas cartões de débito e credito também devem ser opções de pagamento em breve. Futuramente haverá um aplicativo de celular para o pagamento virtual da vaga, facilitando ainda mais a vida dos motoristas.

Alem disso, agora não ha mais necessidade de afixar o tíquete no para-brisa do carro. Basta digitar o número da placa na plataforma (nos parquímetros, mesmo que eles estejam longes da vaga), efetuar o pagamento e aguardar pela impressão do comprovante.

Rizzo ressaltou que o sistema é integrado e online, “Além da rotatividade das vagas, o serviço como um todo tem uma melhor gestão. Tudo é acompanhado em tempo real pela Central de Controle da Prefeitura, desde a aquisição dos créditos inserção da placa do veiculo, arrecadação e quantidade de vagas disponíveis”.

“A nossa meta é instalar 84 pontos de vendas. Estamos criando facilidade para as pessoas pagarem pela Zona Azul” ressaltou Rizzo.

A Rizzo Parking pretende implantar ainda nesse ano o aplicativo para uso do sistema que de estacionamento rotativo. Através dele, o usuário precisara apenas digitar a placa do veiculo e pagar com o cartão de crédito. Rizzo também anunciou que o moderno sistema vai permitir futuramente que o usuário saiba, pelo aplicativo onde há vagas disponíveis. “Vamos instalar sensores de vagas pelas ruas. Dessa forma, haverá ainda mais facilidade na busca por elas” garantiu.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais